O Maranhão registrou, no mês de abril, a vacinação da última faixa etária do cronograma de vacinação de profissionais da segurança. No drive-thru do Shopping São Luís, começaram a ser imunizados profissionais com 18 anos. Já no interior do Estado, homens e mulheres a partir de 30 anos que trabalham nos órgãos de segurança pública também já começaram a tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

Assim, o Maranhão passa a ser o primeiro Estado brasileiro a vacinar 100% de todas as forças de segurança, tanto estaduais quanto federais – homens e mulheres que estão trabalhando na defesa social, na defesa civil e no policiamento urbano durante todo o período de pandemia.São bombeiros, peritos, médicos legistas, delegados, policiais civis e policiais militares que vêm atuando integralmente. Os bombeiros militares, por exemplo, desde o ano passado vêm entregando cestas básicas em todas as regiões do Estado para minimizar os impactos socioeconômicos da crise epidemiológica entre a população mais vulnerável.

Para receber o imunizante, os profissionais do sistema de segurança estadual também passaram por todas as etapas seguidas pela população em geral: pré-triagem, com apresentação de documentos; triagem, com observação de sintomas de síndrome gripal ou sintomas da Covid-19; e a vacinação propriamente dita. Além disso, foi necessário apresentar RG, cartão do SUS, contracheque mais recente e comprovante de residência.