O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, lançou edital, nesta segunda-feira (01), para a locação de carros blindados no valor de R$ 1.028.090,25.
A medida, segundo o próprio ministério, é para garantir a segurança de Salles, já que o mesmo afirma estar sendo alvo de ameaças.
“Ao desempenhar suas atividades laborais, o senhor ministro teve sua integridade física ameaçada, bem como a dos integrantes de sua comitiva​”, argumenta o Ministério do Meio Ambiente ao justificar a necessidade dos carros blindados.
O carro é para se descolar em Brasília e deve ser um SUV (veículo esportivo). Segundo as especificações exigidas no termo de referência, o utilitário dever ser a diesel, com tração nas quatro rodas, câmbio automático, bancos de couro, GPS, câmera de ré, entre outras características, como vidros e travas elétricas.
Além do carro de Brasília, o edital ainda inclui aluguéis eventuais de veículos nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
Sem dar muitos detalhes, o ministério do Meio Ambiente afirmou que o primeiro episódio de ameaça aconteceu em 27 de fevereiro do ano passado, em Porto Seguro, na Bahia.
Além disso, segundo a requisição, grupos ‘terroristas’ já ameaçaram matar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), bem como dois de seus ministros, Damares Alves e Ricardo Salles.
Ainda segundo o termo de requisição, a PF já apura os casos de ameaças e orientou a pasta a “reforçar as medidas de segurança do senhor ministro”.