A mina de Alegria integra o complexo da Vale em Mariana / Foto: Alex de Jesus / Por Lara Alves 
A mineradora informou que não é possível garantir a estabilidade da estrutura sob condições de estresse

A mineradora Vale suspendeu temporariamente e de forma preventiva as atividades na mina de Alegria, no complexo de Mariana, na região Central de Minas Gerais, nesta quarta-feira (20). A estrutura fica a cerca de seis quilômetros da barragem de Fundão, que se rompeu em novembro de 2015.
Em nota enviada à imprensa, a empresa garantiu que todas as estruturas se encontram estáveis. Contudo, os resultados obtidos sob condição de estresse são inconclusivos e, portanto, a mineradora não pode garantir a estabilidade da estrutura sob tais condições.
“Os estudos serão aprofundados e, tão logo concluídos com garantia das condições de estabilidade sob condição de stress, as operações serão retomadas”, informou a mineradora.
Com a paralisação das atividades, a Vale estima um impacto potencial de cerca de 10 milhões de toneladas por ano.
Procurada pela reportagem, a Defesa Civil de Minas Gerais informou que foi notificada pela mineradora sobre a interrupção das operações, mas que não haverá necessidade de evacuar moradores de regiões próximas.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482