A Polícia Civil, através da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa – SHPP, por meio do Departamento de Feminicídio, efetuou o cumprimento do mandado de prisão temporária em desfavor de Rodrigo Dias Ferreira, de 24 anos, na manhã, desta sexta (22), no Alto da Vitória, região do Bairro Anjo da Guarda. Rodrigo é suspeito de assassinar a vítima Keyla Piedade Camelo, de 43 anos, cujo corpo fora encontrado com sinais de abuso sexual e estrangulamento, na manhã do dia 26 de dezembro de 2018.
Segundo as investigações do Departamento de Feminicídio, autor e vítima não tinham relação afetiva, no entanto o assassinato foi considerado feminicídio, pois teve violência sexual. O crime ocorreu no matagal, às margens da Avenida dos Portugueses, onde o corpo de Keyla fora encontrado.
Testemunhas contam que Rodrigo passou com a vítima, em frente a um ferro velho, no dia do seu desaparecimento. Contra o autor, há também um vídeo em que ele aparece com a vítima, no qual ela se esquivando às investidas dele que tentava pegar em sua cintura. Outra evidencia que leva ao acusado é o fato de que a bermuda usada por ele hoje, quando da sua prisão, é a mesma utilizada nas filmagens onde está com a vítima, à data do feminicídio.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482