O prefeito Edivaldo Holanda Junior, candidato à reeleição pelo PDT, continua liderando com folga a corrida para a disputa da Prefeitura de São Luís, segundo nova pesquisa divulgada nesta sexta-feira (16) pelo Instituto Data M.

De acordo com o placar das intenções de voto, o pedetista tem vantagem de mais de 14 pontos sobre Wellington do Curso (PP), atualmente seu principal adversário.

datam1

Segundo o levantamento, Edivaldo aparece com 40,7% de intenções de voto; Wellington do Curso com 25,8%; e Eliziane Gama (PPS) com 7,8%.

Fábio Câmara (PMDB) é o quarto colocado, com 3,0%; Eduardo Braide (PMN) tem 2,2%; Rose Sales (PMB, 1,5%; Cláudia Durans (PSTU), 1,4%; Zé Luis Lago (PPL), 0,5%; e Valdeny Barros (PSOL) não pontuou. Outros 11,5% disseram que não votariam em nenhum dos candidatos e 5,6% não sabem ou não responderam.

Expectativa

A pesquisa revelou, ainda, que 62,9% dos eleitores acreditam na vitória de Edivaldo. 16,8% apostam em Wellington, 4,5% em Eliziane, 0,9% em Fábio Câmara, 0,8% em Cláudia Durans, 0,6% em Eduardo Braide, 0,4% em Zé Luis Lago, 0,2% em Rose Sales, 0,2% em Valdeny Barros, 3,4% nenhum deles e 9,1% não sabem ou não responderam.

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Edivaldo venceria os seus principais adversários. Em uma possível disputa com a candidata do PPS, Eliziane Gama, Edivaldo seria reeleito com 48,6% das intenções de voto, contra 25,5% da adversária.

Em um segundo cenário, entre Edivaldo e Wellington do Curso, o prefeito também sairia vitorioso com 42,2% das intenções de voto, contra 40,1% de Wellington.

E na simulação de uma improvável disputa entre Eliziane Gama e Wellington do Curso, o candidato do PP aparece com 51,4% das intenções de voto contra 20,1% da popular-socialista.

rejeicao

Rejeição

A Data M também mediu a rejeição eleitoral dos candidatos. Eliziane Gama continua na frente sendo rejeitada por 22,9% dos eleitores, seguida de Edivaldo com 18,3%, menor índice já apresentado. Fábio Câmara aparece com 7,4%, Zé Luis Lago 5,9%, Wellington do Curso 5,4%, Rose Sales 3,9%, Eduardo Braide 3,3%, Cláudia Durans 3,1% e Valdeny Barros 2,8%. 17,4% disseram que votariam em todos e 9,8% não sabem ou não responderam.

A pesquisa foi encomendada pela TV Difusora e Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado do Maranhão/ Sinduscon, e registrada na Justiça Eleitoral, no dia 10 de setembro, sob o protocolo MA­09812/2016. Foram ouvidos 1 mil eleitores, entre os dias 11 e 14 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 3,1 pontos percentuais, para mais, ou para menos, sendo 95% de confiabilidade.