x

A Polícia Civil de Sergipe confirmou a morte de Domingos Montagner, de 54 anos, que desapareceu após mergulhar no rio São Francisco, na tarde desta quinta-feira (15), em Canindé.

O corpo foi encontrado algumas horas depois do desaparecimento, preso nas pedras, a 30m de profundidade, perto da usina de Xingó. Ao terminar a gravação, Montagner almoçou e foi tomar um banho de rio. O ator mergulhou, mas não retornou à superfície.

A atriz Camila Pitanga, que faz par romântico com o ator na novela ‘Velho Chico’, mergulhava junto com ele e percebeu o sumiço. Ela avisou à produção, que acionou equipes de busca.

Segundo a Polícia Militar informou a um jornal local, a região escolhida pelo ator para o banho é muito perigosa, conhecida por ter a formação de muitos redemoinhos.

Vida e obra

O ator Domingos Montagner, de 54 anos, nasceu em São Paulo em 26 de fevereiro de 1962 e começou a sua carreira no circo, como palhaço, no início da década de 1980. Já no início da década de 1990, ele ingressou no teatro.

Sua primeira aparição em novelas na Globo em Cordel Encantado, exibida em 2011. A partir daí, ele atuou em novelas e minisséries como “A cura”, “Divã”, “Vidas Partidas”, “O brado retumbante”, “Salve Jorge”, “Joia Rara” e “Sete Vidas”.

Atualmente o ator estava em uma ótima fase, protagonizando a série de sucesso “Velho Chico” como o “Santo” e recebendo muitos elogios por sua atuação. Ele também está em cartaz nos cinemas com o filme “Um namorado para a minha mulher”, onde contracena com Ingrid Guimarães e Caco Ciocler.

Coincidentemente, na trama, Santo também desaparece no rio São Francisco após ser baleado, mas é salvo por índios.