x

Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) tem estreitado relações com o governo brasileiro a fim de defender o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da operação Lava Jato, das acusações de perseguição e abuso de poder feitas pelo ex-presidente Lula à ONU.

Em Brasília, representantes da Ajufe se reuniram com a Advocacia Geral da União (AGU) e apresentaram seus argumentos à defesa do magistrado. Nesta quarta-feira (14), se reúne com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e em breve se encontrará com o ministro das Relações Exteriores, José Serra.

Além de apresentar colaborações para a defesa formal que será feita, a Ajufe também promete respaldar Moro e dar respostas sempre que Lula acusar a Lava-Jato de parcial ou alegar ser vítima de perseguição.