foto-2

Alan Linhares (PCdoB), candidato à reeleição em Bacabeira, teve a sua candidatura deferida nesta terça-feira, 13. A sentença foi proferida pela juíza da 18ª Zona Eleitoral, Karine Lopes de Castro, que julgou improcedente o pedido de impugnação contra Alan, feito por Cledilson Luis Calvet Silva e José da Silva Calvet Neto, aliados da candidata Fernanda Gonçalo.

 Segundo eles, Alan Linhares estaria indo para um terceiro mandato, pois em 2009, na condição de presidente do legislativo, assumiu o comando do Município por três meses até a realização de eleição suplementar e, em 2012, foi eleito como Chefe do Executivo.

 Porém, no entendimento do Ministério Público Eleitoral — trata-se de caso sui generis, no qual houve mera ocupação do cargo de prefeito em caráter emergencial, em situação que não configura empecilho à reeleição ora pretendida”.

 Nesse sentido, a juíza eleitoral rejeitou a impugnação, considerando que as condições de elegibilidade foram todas preenchidas.

 — “DIANTE O EXPOSTO, em consonância com a legislação eleitoral, INDEFIRO a Impugnação em análise e DEFIRO o pedido de registro de candidatura de ALAN JORGE SANTOS LINHARES, para concorrer ao cargo de Prefeito pela Coligação “BACABEIRA NO RUMO CERTO”, sob o número 65, com a seguinte opção de nome: ALAN, e, consequentemente DEFIRO o registro de candidatura de WERBETH PINHEIRO CORREA ao cargo de vice-prefeito, sob a mesma coligação e legenda e com a seguinte opção de nome: PINHEIRINHO”