x

Sem o mesmo entusiamos, candidatos que disputaram em 2012 e que disputam em 2016, devem percorrer apenas 40% do território habitado. 

É cada dia menor o prazo para candidatos a prefeitos do município de Rosário, percorrerem toda extensão da sede e zona rural do município. Com o prazo curto estipulado pela nova reforma eleitoral, os pretensos candidatos  ao executivo devem levar a suas campanhas e “banho maria”, torcendo para que o dia da votação chegue o mais rápido possível.

Tanto a prefeita candidata a reeleição Irlahi Moares (PMDB), Willame Anceles (PCdoB) e Calvet Filho (PSDB), ainda não colocaram nas ruas as tradicionais carreatas e grandes comícios, que atraem centenas de pessoas, mostrando força ao candidato na disputa eleitorais que acontecem em outubro.

Com cerca de 139 povoados e vilarejos na zona rural e restando apenas três fins de semana para eleições, os candidatos devem chegar apenas a cerca de 40% dos povoados percorridos até o final do mês. Os candidatos ainda contam com a desvantagem de terem começado em definitivo as campanhas no mês de setembro. Da redação/Diário de Rosário