image (1)

Robinho só não começou jogando diante do Grêmio, no domingo, porque o departamento técnico do Galo decidiu poupá-lo, afinal de contas, o jogador tem sido fundamental na temporada 2016 do Atlético.

Autor do gol de empate em Porto Alegre, o atacante chegou ao décimo no Brasileirão, se igualou a Gabriel Jesus, do Palmeiras, e virou o artilheiro da competição.

Em 36 jogos em sua primeira temporada com a camisa alvinegra, Robinho já soma 21 gols e cinco assistências. “Primeiro de tudo, isso se deve às bênçãos de Deus. Abaixo de Deus é o trabalho e a qualidade do elenco. A bola chega com qualidade”, explicou o jogador.

Em toda carreira, o jogador foi artilheiro em duas competições: na Copa América de 2007, pela seleção brasileira, com seis gols, e no Campeonato Mineiro deste ano, pelo Galo, com nove gols. (Por Thiago Nogueira/SuperFC)