image

O ‘Raio’ caiu pela nona e última vez. Com a medalha de ouro conquistada pelo revezamento 4×100 m da Jamaica, Usain Bolt brindou o público carioca com uma despedida olímpica em grande estilo, nesta sexta-feira, em mais um dia mágico do atletismo nos Jogos do Rio.

Com o superastro voando para fechar o revezamento, a Jamaica venceu com o tempo de 37 segundos e 27 centésimos, tendo Asafa Powell, Yohan Blake e Nickel Ashmeade como coadjuvantes.

A surpreendente equipe japonesa ficou com a prata (37.60) e o Canadá levou o bronze (37.64). Os Estados Unidos (37.62) chegaram em terceiro, mas foram desclassificados, assim como Trinidad e Tobago

 Desta forma, o Brasil ficou em sexto, apesar de ter completado a prova com o pior tempo 38.41.

A saga olímpica do ‘Raio’ começou no ‘Ninho do Pássaro’ de Pequim-2008, teve seu segundo capítulo escrito em Londres-2012 e o desfecho ficou reservado para a Cidade Maravilhosa, onde o jamaicano completará 30 anos no domingo, dia da cerimônia de encerramento dos Jogos.

Nas três edições dos Jogos, Bolt conseguiu a façanha de vencer as provas dos 100 m, 200 m e revezamento 4×100 m.

Com as nove medalhas de ouro, Bolt se iguala a outras duas lendas do atletismo: o velocista e saltador americano Carl Lewis e o fundista finlandês Paavo Nurmi.