As investigações tiveram início a partir de várias denúncias de que o Cabo PM Jennylson, lotado no Pelotão de Peritoró, teria envolvimento na distribuição de drogas nos municípios de Coroatá, pedreiras e Peritoró.

Então, equipes da SENARC coordenadas pelos Delegados Carlos Alessandro, Valdenor Viegas, Danilo Veras e Luciano Bastos, conseguiram prender o referido policial e dois comparsas quando transportavam mais de 300 kg de maconha em uma carreta.

A prisão ocorreu na madrugada desta terça-feira (16), por volta das 4h30, próximo a Rodoviária do município de Peritoró/MA. Ressaltando que a droga apreendida seria distribuída na capital maranhense, conforme o próprio PM admitiu.