14021697_1066301103439074_4628411124526606440_n

O soldado da Força Nacional Hélio Vieira Andrade, baleado no Complexo da Maré, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Municipal Salgado Filho, no Rio. A informação foi confirmada pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em sua página oficial no Facebook.

“Quero expressar meus sentimentos aos familiares do soldado Hélio Vieira, que sofreu um ataque covarde e, infelizmente, morreu hoje em decorrência dos ferimentos”, escreveu o ministro, referindo-se a Andrade como “verdadeiro herói do nosso país”. Na publicação, Moraes diz será decretado luto oficial pela morte do soldado.

Na última quarta-feira, Andrade e mais dois agentes entraram por engano na comunidade Vila do João e foram atacados com vários disparos. O soldado Hélio Vieira Andrade foi atingido na cabeça e levado em estado grave para o hospital, onde passou por cirurgia. Um dos tiros também acertou de raspão um dos militares que estavam no carro, que teve ferimentos leves. O terceiro ocupante do veículo não se feriu.