Favorecer a compreensão a respeito do papel dos diversos atores envolvidos com a educação e proteção social; e também contribuir para o entendimento sobre a importância da articulação no território, para a garantia do direito de crianças, adolescentes e jovens ao desenvolvimento integral. Esses são os objetivos do curso “Educação e Proteção Social: articular para garantir direitos”. A iniciativa é do Prêmio Itaú-Unicef e é gratuita. As inscrições podem ser realizadas até o dia 19 de agosto ou até quando houver vagas disponíveis.

O curso é destinado aos profissionais que atuam na gestão e/ou equipe pedagógica das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e escolas públicas. De acordo com a equipe do Prêmio Itaú-Unicef, o curso será a distância e contará com a facilitação de um mediador.

Além disso, pela metodologia apresentada, está dividido em quatro módulos com atividades coletivas e individuais e conteúdos (textos, áudios, vídeos, hipertextos) organizados didaticamente para promover o contato com o tema. Os módulos são disponibilizados gradativamente e contam com um objetivo e um conjunto de atividades com prazos determinados para o cumprimento, que podem ser consultados no plano de curso.

O cronograma prevê o início das aulas para o dia 24 de agosto e o término para o dia 21 de setembro. Ao todo, serão seis semanas de curso com duração de 20 horas.