x

Em Axixá, cidade da região do munim, a ex-gestora do município, Sonia Campos, durante a tarde deste sábado (30) demostrou claramente que pouco se importa com a decisão do Tribunal de Contas do Estado Maranhão, ao apresentar seu nome como candidata a prefeita do município para as eleições 2016.

De a cordo com dados de pesquisa feita no site do TCE-MA, existe uma pendencia com conta publicas relativa ao exercício de Sonia Campos, quando administrava o município.

Na certidão apresentada a ex-gestora possui contas julgadas irregulares, com penalidade de suspensão dos direitos políticos por oito ano.

A convenção da ex-prefeita e atual candidata a prefeita, aconteceu com casa cheia no ginásio poliesportivo no centro do município. Na ocasião a candidata apresentou, Claudemir Dias, como vice-prefeito na chapa do Partido Democrático Trabalhista (PDT), do seu companheiro de longas datas, o deputado federal, Weverton Rocha.

Lembrando que o deputado, Weverton Rocha se fez presente para prestigiar a convenção de Sonia Campos em Axixá. Em sua palavras, como mostra um vídeo que circula na rede social, o Weverton Rocha, destacou no alvoroço dos filiados e correligionários, que a ex-gestora é ficha limpa, diferente do que mostra o site do Tribunal de Contas.

Também pudera, Weverton Rocha é forte aliado do governador Flávio Dino, responsável por patrocinar o golpe dando contra o prefeito de Barreirinhas, Léo Costa (PDT), onde inviabilizou a legenda ao prefeito, impossibilitando de concorrer a reeleição no seu município, onde foi eleito democraticamente.

Sem força, opção e sobre pressão o atual prefeito desistiu de concorrer as eleições de 2016, deixando a vaga o ex-juiz do Trabalho Amílcar Gonçalves, irmão do ex-prefeito Miltinho Gonçalves, e que é um dos convertidos ao Comunismo.

Para Sonia Campos, parece não está difícil concorrer nesta eleição depois de tamanho golpe que aconteceu em Barreirinhas. Duas coisas podem acontecer: Tirar o nome da mesma da lista de irregulares, contrariando o TCE ou levar o nome Sonia até a ultima instancia, desistindo apenas próximo as eleições, usando a brecha da lei de substituir o seu nome antes do pleito.