x

Reuters – A presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiram não comparecer à cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, disseram um auxiliar de Dilma e a assessoria de imprensa do ex-presidente nesta terça-feira, um dia depois de a petista afirmar em entrevista que não teria um papel de coadjuvante em relação ao presidente interino Michel Temer.

Dilma, que enfrenta um processo de impeachment que pode confirmar Temer como seu sucessor daqui a um mês, foi convidada, assim como Lula, a ir ao Maracanã, onde Temer declarará os Jogos abertos no dia 5 de agosto.

– Ela não vai – disse um auxiliar de Dilma, que falou sob condição de anonimato.

Leia mais: Dilma e Lula não irão à abertura da Olimpíada