x

Com uma agenda de shows lotada desde o mês de junho, a cantora Marília Mendonça passou mal e não compareceu a um show marcado na cidade de Floriano, no Piauí, na noite da última quarta-feira (20).

Com suspeita de pneumonia, o novo fenômeno do sertanejo usou as redes sociais para justificar o cancelamento do show. A cantora avisou que iria fazer exames na quinta-feira (21) para confirmar ou não o diagnostico.

De acordo com a sertaneja, ela chegou a ser ameaçada de morte por alguns fãs revoltados com o cancelamento do evento. Confira o texto na íntegra:

“Eu tenho medo do que escolhi fazer. Acabei de acordar pra pegar estrada pra Teresina e fazer uma bateria de exames pra se Deus quiser ter a confirmação de que não é pneumonia. Tava dormindo pois o médico da cidade veio me atender no quarto e me deu uma medicação pra diminuir a tosse muito forte. Acordei com os cílios pela metade, a meia-calça do show e uma dor muito grande, só que no coração… Hoje, eu pegaria cada centavo que já ganhei com tudo ISSO que pra algumas pessoas deve ser muito fácil dizer, e pagaria o dano de vocês… O dano que ainda nem foi publicado que irá ser reparado, pq se não for pela empresa, eu mesmo ASSUMO pra não ter que ler pessoas que compraram o ingresso do meu show, que estariam sorrindo pra mim (se tivesse tudo bem) desejando a minha morte hoje pq eu adoeci e não conseguia nem sair da cama. Mas enfim, o AVISO de que eu não iria foi dado logo após diagnóstico médico, pra não ter dúvidas sobre a causa que foi SUSPEITA DE PNEUMONIA, e que se eu tivesse BEBADA eu não mentiria em dizer… Já fazem dois dias que estou tratando as dores e febre sem saber a causa… Minhas costas doem, meu corpo não quer ficar em pé e meu coração tá quebrado… São em situações assim que eu só queria ser uma pessoa normal! 1,4milhoes de seguidores, quantos seres humanos com filhas, filhos e dores como os outros? Muito obrigada! Que Deus nos abençoe!”, escreveu.
Após o comunicado do cancelamento, o público chegou a jogar objetos no palco e incendiar as dependências do clube. O portão de acesso foi danificado, foi colocado fogo em colchões que estavam na bilheteria e parte do forro foi quebrado.