“Todos serão observxados”. Esse foi o recado dado pelo técnico da seleção brasileira, Tite, aos atletas que disputam o Campeonato Brasileiro. E nesta segunda-feira, ele esteve presente no Mineirão para acompanhar em ação os jogadores de Cruzeiro e Atlético-PR.

O comandante disse que não veio nenhum atleta em especial e que qualquer um que estiver em bom momento poderá ganhar uma oportunidade.

“Todos os jogadores estão sendo observados, independentemente da idade. Tanto um jovem como Otávio, do Atlético-PR, ou experientes, como Fábio ou Henrique, do Cruzeiro, estão sendo observados”, declarou o treinador da seleção.

“Não estou avaliando quem é melhor, mas sim, o momento melhor de cada um. Pode ser que um esteja num momento melhor e só depois é que esse jogador ganhará um status importante. Estamos avaliando aspecto técnico e físico. Meu papel é de técnico, mas muito mais de selecionador”, pontuou.

E o técnico irá rodar o Brasil para assistir e analisar o maior número possível de jogos. “O acompanhamento de todos atletas é importante, não só em vídeo, como in loco. É importante sentir a atmosfera e o clima em um jogo, pois são diferentes quando se está in loco”, disse.

Nesta segunda-feira, ele esteve acompanhado do coordenador técnico da seleção, Edu Gaspar, do técnico da seleção olímpica, Rogério Micale, e do ex-técnico Carlos Alberto Silva.

“Pedi ao professor Carlos Alberto Silva para vir aqui e dar um abraço. Ele teve uma influência muito grande na minha conduta como caráter. Ele tem a experiência e o know-how. Estou me reciclando, pois tenho experiência de clube e não de seleção. Vim pegar essa experiência com o Carlos Alberto”, comentou Tite. (SuperFC)