001 (2)

A demissão de Dunga do comando da Seleção Brasileira não foi tão ruim quanto imaginam. O técnico foi substituído, mas faturou da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) uma bolada de R$ 3 milhões por conta da rescisão de seu contrato. O valor equivale a 60% do que Tite vai abocanhar caso o Brasil ganhe a Copa do Mundo de 2018.