A agiotagem no Maranhão continua operando ativamente, mas o MP e a Polícia estão investigando e aqueles que estão querendo usar o caixa dois de campanha poderão futuramente ter o seu mandato cassado. Foi o que informou o novo procurador Geral de Justiça, Luis Gonzaga Martins Coelho.

Luis Gonzaga mandou um duro recado aos agiotas que estão se movimentando agora neste início de campanha eleitoral e aos que estão tomando dinheiro emprestado: Os que pretendem usar o caixa dois poderão ter o mandato cassado, além de enfrentar ações na Justiça, assim como aos agiotas que serão punidos de acordo com as leis que proíbem tal prática.

procurador lembrou que são 42 prefeituras investigadas e algumas com resultados como a prisão de gestores e ex-gestores. além de empresários e contadores. Desse total, boa parte se refere a gestões passadas, como em Cururupu, Paço do Lumiar, Caxias, Bacabal, Coelho Neto, Rosário,  São Luís, Timon, Pinheiro e Miranda do Norte.

As investigações preliminares foram feitas pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público (MP) Estadual e agora entrou a Seccor.