A manhã desta quinta-feira (7) será de grande clássico pela fase final do Grand Prix. A seleção brasileira feminina de vôlei encara a Rússia, às 8h (de Brasília), em Bangcoc, na Tailândia, dependendo apenas de uma vitória por qualquer placar para definir a liderança da chave.

Nesta quarta (6), o Brasil bateu as anfitriãs tailandesas por 3 sets a 0 (26/24, 25/16 e 25/11), resultado que praticamente coloca as brasileiras nas semifinais, disputadas no sábado (9). Isso porque a previsão é de que a Rússia também vença a Tailândia na sexta-feira (8), no último jogo do grupo. Dessa maneira, brasileiras e russas devem definir a liderança da chave no confronto direto.

No duelo contra a Tailândia, a equipe de José Roberto Guimarães até construiu boa vantagem inicial, mas sofreu para fechar o primeiro set. Um desafio “salvador” corrigiu o que seria um erro da arbitragem e deu o set point para as brasileiras, que fecharam em 26 a 24. Nas demais parciais, chamou a atenção a eficiência ofensiva da ponteira Natália, responsável por 23 pontos, além da boa participação do sistema defensivo da equipe.

“O primeiro set foi apertado e poderíamos ter feito um melhor trabalho de saque e bloqueio. No entanto, o nosso passe e a defesa foram melhores”, destacou Zé Roberto.

O técnico brasileiro sabe que o nível de exigência contra as russas irá aumentar. “Vamos enfrentar a Rússia, que conta com a Goncharova (oposta, maior pontuadora da primeira fase, com 185 acertos) em um grande momento e as centrais bloqueando muito bem. Teremos que manter um bom passe, o nosso bloqueio vai ter que funcionar e o contra-ataque vai precisar aparecer com velocidade”, concluiu o comandante.

Na primeira fase, as russas conseguiram a terceira melhor campanha, com oito vitórias em nove jogos, um resultado positivo a mais que o Brasil e campanha idêntica à da China, vice-líder. Além de Nataliya Goncharova como maior pontuadora, a Rússia também tem a melhor bloqueadora do torneio (Irina Zaryazhko, com 44 pontos).

Regulamento da fase final – As cinco melhores equipes da primeira fase e o time anfitrião (Tailândia) foram divididos em duas chaves: Estados Unidos, China e Holanda de um lado; Rússia, Brasil e Tailândia do outro. As duas melhores de cada grupo avançam para as semifinais, disputadas no sábado (9), e os vencedores vão à final, no domingo (10).  Por João Vitor

Tabela – Fase final (*): 

Quarta (6), às 5h: Estados Unidos 3×0 Holanda – 25/21, 25/17 e 25/23
8h: Tailândia 0x3 Brasil – 24/26, 16/25 e 11/25

Quinta (7), às 5h: China x Holanda
8h: Rússia x Brasil

Sexta (8), às 5h: Estados Unidos x China
8h: Tailândia x Rússia

Semifinais – Sábado (9), às 5h e 8h

Final – Domingo (10), às 8h