O número de assaltos a ônibus na Região Metropolitana de São Luís aumentou no primeiro semestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. De acordo com dados do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, 307 casos já ocorreram na Grande Ilha de janeiro a junho de 2016. No primeiro semestre de 2015 foram registrados 248 ações criminosas, um aumento de 23% de um ano para o outro.

Somente nos 30 dias de junho, 45 assaltos foram contabilizados. As áreas com mais registros do último mês foram: Avenida Daniel de La Touche (nas proximidades do Shopping da Ilha) com 10 assaltos e Avenida Getúlio Vargas com quatro ações do tipo. Nessa lista ainda aparecem as avenidas dos Franceses, João Pessoa e General Artur Carvalho, além da Rua Oswaldo Cruz (Centro), com dois assaltos em cada uma dessas localidades.

De acordo com o sindicato, os dados não representam com exatidão a realidade quanto a esse tipo de crime, pois muitos assaltos não chegam ao conhecimento das autoridades de segurança, já que a maioria das empresas que atuam no transporte público não divulgam as ações sofridas.

“Essas estatísticas reforçam o que já vínhamos alertando há muito tempo. A criminalidade está avançando”, analisa Isaias Castelo Branco, presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão. Ele disse, ainda, que o prejuízo é “para toda a sociedade, principalmente, motoristas, cobradores e fiscais que atuam na atividade, além é claro, para usuários do transporte, que convivem diariamente essa insegurança”.  Fonte: O Estado