Dados atualizados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) no fim de semana mostram que no primeiro semestre de 2016, 374 mortes violentas foram registrados na Região Metropolitana de São Luís – que além da capital maranhense, inclui os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Do total, 265 das mortes violentas foram em São Luís; 68 em São José de Ribamar; 34 em Paço do Lumiar; e sete em Raposa.

As informações sobre os crimes violentos letais intencionais – homicídios dolosos, roubo seguido de morte (latrocínio) e lesões corporais seguidas de morte – são do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), Sistema de Integrado de Gestão Operacional (Sigo) da Polícia Civil e do Instituto Médico Legal (IML).

Homicídios e latrocínios 

Na capital maranhense, o mês mais violento foi fevereiro, com 53 homicídios dolosos registrados, seguido por março (48) e janeiro (44). Mas se levado em consideração os casos de latrocínio, o mês de junho foi o que registrou o maior número de casos, com quatro ao total. Os roubos seguidos de morte totalizaram 13 casos nos primeiros seis meses de 2016.

No mês de junho, foram 33 casos de homicídios registrados em São Luís, cinco a menos comparado ao mês anterior. No primeiro semestre, foram 248 casos de homicídios dolosos em São Luís. A capital maranhense reúne mais de 71% do índice de homicídios. São José de Ribamar vem em seguida, com 63 casos; e logo após Paço do Lumiar, com 29. (G1MA)