Um acidente fatal ocorrido no KM 38 da BR-135, em Campo de Perizes envolvendo uma caçamba de lixo e um veículo de passeio corsa Classic, tirou a vida de oito pessoas, entre elas três crianças.

O veículo que servia como “carro-lotação” trazia os oito passageiros da cidade de Humberto de Campos, cidade distante há 153 km da capital.

O motorista identificado como Reginaldo Oliveira Silva, “careca”, era natural de São Vicente de Férrer e trabalhava sempre fazendo viagens no percurso. Ele perdeu a vida ao lado da esposa e da filha.

Além da família de Reginaldo, avó, mãe e filho de outra família também morreram no acidente. A família do menor Kelvin Daniel da Conceição de 1 ano e 6 meses também foi destruída.

O menor morreu juntamente da mãe Valdicleide Santos de 34 anos e da avó Helena Santos de 70 anos.

Outras duas pessoas também tiveram os sonhos interrompidos. Um homem de 28 anos identificado como Dioninson da Silva viria para a capital trabalhar como pedreiro, mas acabou morrendo no local. E também Rosania dos Santos de 14 anos viria para a casa da irmã na tentativa de ingressar nos estudos e cursos.

O IML liberou o corpo das vítimas às 13h de ontem, e ambos foram encaminhados para a cidade de Humberto de Campos onde serão velados.

Por conta da tragédia, o município decretou luto de 3 dias.  O motorista da caçamba que sobreviveu ao acidente encontra-se internado em um hospital devido os ferimentos que teve. Ele prometeu se entregar à polícia assim que receber alta.

Veja a lista oficial dos nomes:

➕Reginaldo Oliveira Silva (condutor) 46 anos;
➕Valdicleide Santos da Conceição, 34 anos;
➕Vanailde da Costa Sá Menezes, 44 anos;
➕Helena Santos da Conceição, 70 anos;
➕Dionilson dos Santos da Silva, 28 anos;
➕Rousania Santos da Conceição, 13 anos;
➕Irlane Sá Menezes Silva, 7 anos;
➕Keven Daniel da Conceição, 1 ano