A pesquisa Escutec divulgada neste sábado, 2, pelo jornal O Estado Maranhão não traz surpresas: a deputada federal Eliziane Gama (PPS) mantém a liderança, com 22,4%, mas agora com o prefeito Edivaldo Júnior (PDT) em sua cola, registrando 20,8%.

O próprio Edivaldo também tem o deputado Wellington do Curso (PP) em sua cola: 17,5%.

Mas é no comparativo com a pesquisa do mesmo Escutec, divulgada em abril, que se vê o quanto Holandinha avançou, em praticamente todos os quesitos.

E ainda contou com uma perda de rendimentos da própria Eliziane Gama.

Em abril, no principal cenário,Edivaldo registrava 16,3%. Subiu agora para 20,8%, em patamar acima da margem de erro; no mesmo período, Eliziane perdeu pontos, ainda que residual: foi de 23,5% para 22,4%.

O prefeito reduziu também sua margem de rejeição, ainda que continue alta: em abril, índice era de 39,3%; agora é de 33,3%, uma queda de seis pontos percentuais.

Eliziane, por sua vez, aumentou em mais de seis pontos o total de eleitores que dizem não votar nela de jeito nenhum: foi de 3,1% para 10,6% entre abril e junho. (Veja quadro comparativo abaixo)

Wellington

Está certo que o crescimento de Edivaldo Júnior é bem inferior ao de Wellington do Curso, que viu seus índices subirem de 6,6%, em abril, para nada menos que 17,5%.

Mas Wellington também viu seu índice de rejeição crescer, de apenas 1% para 3,3%, ago significativo para alguém que entra agora na disputa.

Os números da Escutec mostram, portanto, que Edivaldo Júnior tem lenha para queimar nesta eleição. E seus adversários devem colocar as barbas de molho. As barbas ou os cabelos, tanto faz…

quadros