Emissários de Temer fizeram consultas a deputados para saber como Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) seria recebido para o lugar de Cunha.

Apesar da sondagem, o Planalto jura que não vai ser meter na sucessão. A informação é de Natuza Nery, na coluna Painel da Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Informa ainda a colunista que Waldir Maranhão decidiu se sentar na cadeira de presidente da Câmara. O interino demitiu a chefe de gabinete de Eduardo Cunha e avisou que, assim como Temer fez quando assumiu o lugar de Dilma Rousseff, quer renovar a equipe toda.

A interlocutores ele disse que pretende imprimir sua agenda sem se importar se a interinidade vai durar cinco dias ou dois meses.