Depois da Polícia Civil, que nesta semana, pela segunda vez na atual gestão entrou em greve por tempo indeterminado, e dos peritos criminais e agentes penitenciários que também nesta semana realizaram greve de advertência de 48 horas, mais uma categoria deverá cruzar os braços.

Os servidores do DETRAN-MA, através de um comunicado do presidente do Sindicato dos Servidores do órgão, Perez Silva da Paz, confirmaram que se o Governo Flávio Dino não atender as reivindicações da categoria, os servidores entrarão em greve, por tempo indeterminado, a partir do dia 22 de junho.