Técnicos da Agência Executiva Metropolitana (Agem) apresentaram o projeto básico e executivo do Cais Flutuante São Luís-Alcântara (Terminal Portuário da Ponta d’Areia, em São Luís, e Terminal Portuário da Independência, em Alcântara) para moradores da Península da Ponta d’Areia durante encontro realizado na noite de quinta-feira (11), na sede da Associação de Moradores do bairro.
O Cais Flutuante São Luís-Alcântara é uma obra do Governo do Estado, executada por meio da Agem. O prazo de execução da obra é de, aproximadamente, 18 meses. “Estamos, agora, em fase de obtenção das licenças e de licitação para execução”, explicou o presidente da Agem, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.
Segundo Lívio Jonas Mendonça Corrêa, a apresentação na Península foi uma demanda dos próprios moradores, atendida prontamente, considerando a importância que todos tomem conhecimento do projeto e das futuras instalações e funcionamento dos terminais, sobretudo o de São Luís, que será implantado nas proximidades do Iate Clube, na Ponta d’Areia.
O presidente da Agem conta que, por causa do impacto social e econômico, o projeto deve ser tratado considerando-se as políticas públicas que serão necessárias para a implantação e funcionamento, como saneamento básico e mobilidade urbana, que serão incrementados para que atendam às novas demandas que serão geradas pelo Terminal.
“A comunidade deve ter bem claro que não se trata de um projeto a mais, mas de uma ação que irá trazer muitos benefícios para a área, em particular, e para São Luís e Alcântara, de maneira geral”, explicou Lívio Jonas Mendonça Corrêa.
Rotina
Atualmente, o Cais da Praia Grande é o único Terminal Hidroviário de São Luís. Opera com apenas quatro embarcações, três iates e um catamarã realizando duas viagens diariamente, com transporte de 11.935 passageiros por mês, sendo 398 por dia. Há, ainda, as embarcações do Centro de Lançamentos de Alcântara (CLA), que realizam o transporte de 246 militares diariamente.
Com a implantação do Terminal Portuário na Ponta d’Areia, estima-se a possibilidade de realização de 24 viagens por dia, com embarcações saindo a cada 1 hora. “Isso garante o transporte de 3.312 passageiros diariamente”, assegura Lívio Jonas Mendonça Corrêa.
“Essas obras irão beneficiar bastante o acesso a Alcântara, visto que barcos poderão operar com maré alta ou baixa, o dia inteiro”, destacou o governador Flávio Dino na ocasião de apresentação do projeto dos terminais portuários para São Luís e Alcântara.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482