No último dia 09 deste mês, a juíza Karine Lopes de Castro, titular da comarca de Rosário, indeferiu ação judicial impetrada pelo vereador Lucas de Jesus Lindoso, mais conhecido como Capitão Lucas (PSL), que pedia tutela antecipada (liminar) contra o presidente da Câmara Municipal de Bacabeira, vereador Jefferson Calvet (PSC).

Na ação, Capitão Lucas questionou a aprovação do projeto de emenda a Lei Orgânica que antecipa a eleição para a mesa diretora da Câmara para o segundo biênio, aprovada por 9 dos 11 vereadores daquela Casa. Ele alegou haver irregularidade na tramitação do projeto, que atendeu todos os quesitos regimentais e constitucionais.

A proposta inicial foi de autoria dos 8 vereadores que apoiam a recondução do atual presidente para mais dois anos a frente do parlamento bacabeirense. Os vereadores Arrumadinho (PSB), Carlos Torres (PSL), Dino Neto (PMN), Lucas Seixas (PMN), Vanderlan Mendes (PSB), Branco de Babú (PSB) e Vilmar Rocha (DEM) fazem linha de frente para a reeleição do vereador Jefferson Calvet (PSC), que depois contou com o apoio de mais um parlamentar, o do vereador Ademir Castro (PMN), totalizando o apoio de 9 vereadores.

Diante dos fatos, a magistrada entendeu que não houve irregularidades na tramitação do projeto e, por isso, deu decisão pelo indeferimento da ação.

Com isso, a eleição para mesa diretora da Câmara de Bacabeira pode acontecer já a partir desta segunda-feira, 11, conforme determina a Lei Orgânica e o regimento interno daquela Casa de Leis.

Comments are closed.