A China confirmou a primeira morte de um homem devido a infecção por um vírus prevalente em macacos. Conhecido como herpes B ou vírus do macaco B, o vírus é bastante raro, mas mortal quando transmitidos para humanos.

Segundo o Centro Chinês para Controle e Prevenção de Doenças, a vítima trabalhava em um instituto de pesquisa especializado em reprodução de macacos. Em março deste ano, ele havia feito dissecação de dois macacos mortos em março.

Depois disso, ele sentiu náuseas, febre e vômitos. No dia 27 de maio, ele morreu. Segundo relatou o UOL, amostras de sangue e de saliva do homem foram enviadas em abril para o centro, onde foi detectada a presença do vírus do macaco.

Nos humanos, o vírus costuma atacar o sistema nervoso central e causa inflamações no cérebro. Quando a doença não é tratada, a taxa de mortalidade é de 80%.

Comments are closed.