Nesta terça-feira (20), a defesa de DJ Ivis, preso no último dia 14 , a defesa de DJ Ivis afirmou que a prisão do cantor é movida por interesses políticos e midiáticos. A declaração foi feita em novo pedido de habeas corpus, impetrado com o Supremo Tribunal de Justiça (STJ).  Ivis é acusado de agressão contra sua ex-mulher, Pamella Holanda.

Os advogados do DJ pedem para que a prisão preventiva do cantor seja revogada e que medidas alternativas sejam aplicadas. Os profissionais afirmam ainda que a prisão preventiva não pode ser aplicada em casos de violência doméstica caso o indivíduo não viole medidas protetivas.

“O impetrante sustenta que o paciente é primário, bons antecedentes, famoso e, evidentemente, não irá atentar contra a integridade da vítima. Isso mostra a teratologia da decisão da autoridade coatora, que somado com toda a repercussão midiática e a pública informação noticiada pelo governador do estado do Ceará, há interesses políticos e midiáticos”, afirmou a defesa.

Comments are closed.