O deputado estadual e vice-líder do Governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa, Zé Inácio, descartou a possibilidade do seu partido, o PT, indicar o nome do atual secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, para figurar como candidato a vice-governador em uma chapa encabeçada pelo tucano Carlos Brandão.

Felipe encaminhou ontem ao diretório estadual petista pedido de filiação. Ele deixou recentemente o Democratas.

A possível filiação do secretário aos quadros do PT movimentou os bastidores políticos, dando margem para que várias versões fossem ventiladas, inclusive um cenário no qual ele acabe sendo indicado para compor uma chapa com o atual vice-governador.

Para Zé Inácio, esta possibilidade está descartada e Felipe ingressará na sigla para candidatar-se ao cargo de deputado federal e, desta forma, reforçar a bancada petista em Brasília.

“Se por acaso couber ao PT indicar um nome para compor a chapa majoritária, com certeza será alguém que faz parte da história do partido. Felipe Camarão está sendo aceito para ajudar aumentar na nossa bancada na Câmara Federal, ajudar cumprir a meta da direção nacional de eleger cem deputados e aqui no Maranhão temos perfeitas condições eleger dois parlamentares”, afirmou o parlamentar (Blog do Jorge Vieira).