Neste domingo, 06, uma equipe PRF compareceu no km 11 da BR 135, no município de São Luís/MA, quando abordou um veiculo Jeep/Compass Longitu, cor prata.

O condutor apresentou sua CNH e um CRLV, que após pesquisas mais detalhadas verificou-se que o veículo tinha um boletim de ocorrência de apropriação indébita e que o documento apresentado pelo indivíduo, o CRLV, era falso.

O envolvido disse que participa de um grupo no WhatsApp e que através desse grupo teve contato com um indivíduo que seria de Goiás, que lhe ofereceu o veículo pagando R$ 16.000,00 ao indivíduo.

Em 2019 ele foi na cidade de Goiânia buscar o veículo. O autor rodou o ano de 2020 sem o documento do carro, e em fevereiro de 2021 pagou através de transferência bancária para o mesmo indivíduo o valor de R$12.00,00 e recebeu pelos correios o CRLV, que apresentou para equipe como sendo verdadeiro. Ele disse ainda aos policiais que não sabia que o documento é falso.

A mesma pessoa do Goiás o procurou por WhatsApp se ele não sabia de outras pessoas que teriam interesse em outros veículos na mesma condição, mas ele disse não conhecer.

Diante das informações obtidas foram constatados, a princípio, os seguintes delitos: Falsidade ideológica e Apropriação indébita de Veículo. O veículo e o condutor foram encaminhados à polícia judiciária. (Fonte: PRF/MA)