O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou nesta sexta-feira (4) que o governo conseguiu antecipar com a farmacêutica Janssen a entrega de 3 milhões de doses da vacina contra a covid, que agora serão recebidas pelo país neste mês.

O Brasil tem acordo com a empresa para fornecimento de 38 milhões de doses, com previsão de chegada a partir dos próximos meses. “A vacina da Janssen, nós já tinhamos acertado com a Janssen 38 milhões de doses da vacina, nós conseguimos antecipar 3 milhões. Chega agora no mês de junho”, disse Queiroga.

A vacina da Janssen é de aplicação de uma única dose, ao contrário de todas as que estão sendo usadas no Brasil no momento, que exigem duas doses. “Estamos organizando com o Conass e Conasens a estratégia de distribuição dessa vacina. A principal característica dessa vacina é que ela é dose única, então, sendo dose única, são 3 milhões de brasileiros a mais imunizados de forma completa contra a covid-19”, celebrou o ministro.