Quatro pessoas foram presas, no início desta semana, por furto de energia em fazendas de cinco municípios do Maranhão. Segundo a polícia, um dos presos seria um pecuarista e médico no município de São Bento.

As prisões foram feitas pela Polícia Civil do Maranhão, de segunda (26) a quarta-feira (28), durante a operação “Baixa Intenção”, que tinha o objetivo de combater o furto ou roubo de equipamentos da Concessionária de Energia Elétrica do estado.

Segundo a polícia, entre os equipamentos roubados estão transformadores, cabos e isoladores. Além disso, a operação visou combater a prática criminosa de furto de energia elétrica, mediante fraude, em cidades da região da Baixada Maranhense.

Na ocasião, quatro pessoas foram presas em flagrantes por furto de energia mediante fraude e receptação.

De acordo com Departamento de Defesa de Serviços Delegados (DDSD-SEIC), no total foram 12 alvos investigados nos municípios de Viana, Nova Olinda, Matinha, São Bento e Pinheiro, todos sendo fazendas de piscicultura e pecuária.

Um dos presos seria um pecuarista e médico no município de São Bento, que além de ter sido flagrado na prática de furto de energia mediante fraude, também foi flagrado na posse de um automóvel Hyundai HB20, tomado de assalto na cidade de Belém do Pará.

O médico alegou para a polícia que teria comprado o veículo de um homem identificado apenas como “Raimundão”, na cidade de Palmeirândia. E que esse homem teria sido assassinado no fim do ano passado.

Como resultado da operação, os policiais conseguiram recuperar transformadores, postes, cabos multiplexados e duplex, disjuntores AT e BT, isoladores, todos de uso exclusivo da Concessionária de Energia e do Programa Luz Para Todos.

Após as autuações das prisões em flagrantes, os quatro presos foram postos em liberdade, mediante pagamento de fiança. (Fonte: G1MA)