O médico sanitarista e fundador da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Gonzalo Vecina, foi o entrevistado do programa ‘Jornal da Cultura’, da TV Cultura, exibido na última quarta-feira (6). Em sua participação, ele reforçou a necessidade das medidas restritivas para conter a proliferação do novo coronavírus e falou sobre as consequências da pandemia para a economia dos países.

“Isso terá consequências econômicas? Terá, mas salvará vidas que vão tocar a economia no momento seguinte. Tem que ter um mínimo de inteligência”, explicou.

Vecina também condenou a prescrição da cloroquina por médicos brasileiros a pacientes com Covid-19. “Na minha área ainda tem muito médico burro, que ainda dá cloroquina, essas coisas. Agora, entre os médicos inteligentes, é consenso”.