Um helicóptero da Força Nacional com três tripulantes caiu em Poconé, cidade a a 104 km de Cuiabá, no Mato Grosso, na tarde desta quinta-feira (8). A aeronave auxiliava os trabalhos da Operação Pantanal II, de combate aos incêndios que vem consumindo o bioma há quase um mês. O acidente ocorreu em uma área de mata e deixou os ocupantes feridos.

A aeronave havia saído de Corumbá (MS) e estava na região de Poconé há duas semanas (Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer)).

Os ocupantes do helicóptero eram o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal (DF), o copiloto Luiz Fernando Berberick, da Polícia Civil do Rio de Janeiro (RJ), e o 2° sargento PM Emerson Miranda Martins, da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro. A aeronave havia saído de Corumbá (MS) e estava na região de Poconé há duas semanas.

Os três foram resgatados e levados em um helicóptero da Marinha do Brasil até Cuiabá, onde receberam atendimento médico na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) de Mato Grosso. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) vai investigar as causas do acidente. (Com infromações do portal G1 /MT)