A confusão entre o prefeito Tema e Policiais Militares no último domingo, dia 25 de julho, na cidade de Tuntum, acabou sobrando para o Comandante do 18º BPM da regional de Presidente Dutra, o Tenente Coronel Castro, na qual Tuntum faz parte.

Naquele evento em Tuntum com grande aglomeração de pessoas, a Polícia Militar tentou apenas fazer cumprir com o Decreto estadual e municipal que impedem aglomeração. Um que pediu para não ter seu nome publicado, disse que nunca assistiu no governo Roseana interferências políticas dentro da polícia tão frequentes como ocorrem no governo Flávio Dino.

Segundo fontes, ele foi chamado ontem, quarta-feira, no Comando Geral da Polícia Militar em São Luís e lá recebeu a informação de que estava exonerado do cargo de comandante do Batalhão de Presidente Dutra.

Segundo a fonte, Castro foi comunicado da exoneração apenas de forma verbal. O ato governamental ainda não foi editado e publicado.

O prefeito Tema durante seu discurso olhando para os PMs disse que, na segunda-feira seguinte, iria se reunir com o Secretário de Segurança do Maranhão para denunciar os policiais. E de fato cumpriu com a ameaça. Ele e sua esposa, deputada Daniella, estiveram reunidos terça-feira com Jeferson Portela, Secretário de Segurança. Veja abaixo a imagem do encontro em São Luís.

No mesmo evento frente para uma quantidade expressiva de pessoas, Tema disse que lugar de bandido era em Barra do Corda. A declaração do prefeito provocou revolta na população Cordina. Ao sentir a reação das pessoas, Tema fez uma live pedindo desculpas pelo insulto. (Do Minuto Barra)