Dias após deixar o presídio e ser colocada em prisão domiciliar, a militante bolsonarista Sara Winteranunciou seu noivado. O anúncio foi feito na noite do último domingo (28) pela própria militante através de seu perfil no Twitter.

Na publicação, Sara diz que “depois da tormenta, vem a paz” e que “enquanto uns babam de ódio, eu transbordo de amor”. A militante diz ainda que o casamento será no próximo fim de semana.

A militante está sendo investigada no inquérito que apura a organização e o financiamento de atos antidemocráticos. Sara teve a prisão decretada no último dia 15 por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Dez dias depois, a militante deixou o presídio e ganhou o direito de cumprir prisão domiciliar sendo monitorada por tornozeleira eletrônica.