O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que o auxílio emergencial em decorrência da pandemia do coronavírus deve ser prorrogado, com novas parcelas que devem ser de 500 reais, 400 reais e 300 reais.

Segundo Bolsonaro, o valor ainda não está fechado. O auxílio emergencial concedido atualmente a trabalhadores informais em decorrência da pandemia é de três parcelas de 600 reais cada.