O ex-jogador de vôlei de praia e campeão olímpico em Atenas-2004, Emanuel foi exonerado da Secretaria Especial de Esportes do Governo Federal. A exoneração do cargo de secretário nacional de alto rendimento foi publicada em edição extra do Diário Oficial na segunda-feira.

Emanuel estava na função desde maio do ano passado após uma rápida passagem pelo comando da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) no começo da gestão do presidente Jair Bolsonaro.

Na secretário nacional de alto rendimento, o campeão olímpico era responsável por projetos importantes, como o Bolsa Atleta.

A Secretaria Especial do Esporte foi criada após o fim do Ministério do Esporte, em 2019, se tornando parte do Ministério da Cidadania, atualmente sob o comando de Onyx Lorenzoni.

A exoneração de Emanuel foi assinada pelo General Braga Netto, ministro da Casa Civil. O nome do substituto ainda não foi anunciado pelo governo.