O Brasil registrou 1.272 mortes pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nas últimas 24 horas, chegando a 38.406 óbitos desde o início da pandemia, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A entidade começou a compilar os dados após mudanças na divulgação do Ministério da Saúde. Cerca de meia hora depois, o Ministério da Saúde divulgou seu balanço, corroborando os dados fornecidos. A pasta voltou a divulgar números como mortes totais por coronavírus após uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes.

O número de casos aumentou 32.091, totalizando 739.503 contaminações no país desde o início da crise sanitária da Covid-19. Os dados mostram uma taxa de letalidade de 5,9%, com 18,3 mortes a cada 100 mil habitantes.

O estado de São Paulo continua com o maior número absoluto de casos – com 150.138 infeções e 9.522 óbitos – seguido pelo Rio de Janeiro (72.979 contaminações e 6.928 mortes) e Ceará (68.384 casos e 4.309). No entanto, a maior taxa de letalidade fica no estado do Rio de Janeiro, com 9,5%, seguido por Pernambuco, com um índice de 8,4%. Em números totais, este último tem 41.010 contaminações e 3.453 falecimentos. (Com informações da Ansa e da Agência Estado)