A Polícia Civil do Maranhão por meio da Primeira Delegacia Regional de Rosário, nesta quarta-feira, 15, desencadeou operação para dar cumprimento a mandado de prisão, condenação definitiva a 12 anos em regime fechado, decisão do Tribunal do Júri de Rosário em desfavor de Samuel Lopes Miranda, pela prática do crime previsto no art. 121, parágrafo 2, II e IV do Código Penal.
Em fevereiro de 2012, Samuel teria assassinado Deyverson dos Santos Guimarães, por meio de golpes de faca. O júri reconheceu ainda a presença das qualificadoras “motivo fútil” e “uso de recurso que dificulte ou impossibilite defesa da vítima”.
Samuel foi conduzido até Delegacia Regional e posteriormente ao Presídio de Rosário onde encontra-se à disposição da justiça.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482