A Polícia Civil da delegacia do município de Itapecuru Mirim, prendeu em cumprimento de prisão preventiva, Jackson Matos Pereira, de 40 anos e Marilene dos Santos Meneses, de 45 anos, supostamente, pelo envolvimento no crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, de uma criança, encontrada no Povoado Vinagre, com a cabeça e membros separados do corpo, na ultima sexta feira.
A prisão preventiva foi representada pela plantonista do ultima fim de semana a delegada da Mulher, Drª. Tainara. A equipe de policiais conseguiu identificar, através de imagens de câmera filmadora, um veiculo Fiat Way, cor vermelha, nas proximidades onde os restos mortais da criança foram deixados.
A Polícia Civil localizou um casal e suspeitou, inicialmente, da prática de rituais satânicos, embora o preso negasse envolvimento no interrogatório. O preso um taxista achou que era carne podre, esquecida por algum cliente e jogou como se fosse lixo.
A filha do casal apresentou- se, nesta terça-feira, 07, logo após a prisão dos seus pais, informando que passou por um abortou espontaneamente, e colocou a criança em pedaços, dentro do saco de lixo, colocando em seguida dentro do carro do pai taxista sem que o mesmo soubesse, pois havia escondido a gravidez ate então, fato que será esclarecido e elucidado com o resultado da Perícia do IML.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482