A Petrobras informou nesta segunda-feira (29), por meio de tabela em seu site, que o preço médio do litro gasolina nas refinarias vai subir 3,5%, para R$ 2,045, a partir desta terça-feira (30). É o maior patamar desde 23 de outubro do ano passado, quando o valor médio no país era (R$ 2,0639. O preço do litro do diesel segue estável em R$ 2,2470. O reajuste médio por litro será de R$ 0,07.
O preço médio da gasolina não mudava desde o último dia 23. A Petrobras reduziu a frequência de reajustes. Para evitar perdas, tem utilizado mecanismo de proteção financeira (conhecido como hedge) que permite aumentar os intervalos de reajustes nos preços da gasolina nas refinarias em até 15 dias.
O repasse do reajuste ao consumidor final depende de uma série de variáveis, como a margem de revendedores e distribuidores, de impostos e da mistura obrigatória de biocombustível. Nos postos, o preço médio avançou na semana passada, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP). A gasolina subiu 1,72%, de R$ 4,428 para R$ 4,504. O diesel encareceu 1,83%, para R$ 3,614. O etanol avançou 5,29%, para R$ 3,127.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482