As contas de luz dos brasileiros terão em maio a chamada bandeira tarifária amarela, que gera um custo adicional de 1 real a cada 100 kilowatts-hora consumidos, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
As bandeiras têm como objetivo sinalizar aos consumidores uma maior ou menor oferta de energia, ao elevar custos quando sai do patamar verde para o amarelo ou vermelho.
Entre janeiro e abril, a bandeira foi verde, mas a Aneel disse que o patamar de produção hidrelétrica “já reflete a diminuição das chuvas”, devido ao encerramento do período de maiores precipitações na região dos reservatórios das hidrelétricas, que vai de novembro a abril.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482