O Ministério da Educação (MEC) inicia nesta segunda (1º) o acompanhamento da frequência escolar dos beneficiários do Programa Bolsa Família em todo o Brasil, com referência ao ano de 2019. O fechamento do sistema de presença será às 23h59 do dia 25 de abril. Esse prazo se refere ao período de fevereiro e março, considerado o primeiro dos cinco períodos de coleta e registro ao longo desse ano.
A regular frequência escolar é determinante para os beneficiários receberem o benefício. Qualquer interrupção não justificada à direção escolar,  o pagamento por parte do Governo Federal poderá ser suspenso até regularização.
O acompanhamento ajuda a identificar os motivos que levam as crianças a ter uma baixa frequência escolar, a construir indicadores e diagnósticos socioeducacionais e territorializados de situações acentuada vulnerabilidade social.
Dados previamente levantados pela área, 13,8 milhões crianças e adolescentes serão acompanhados nos dois meses iniciais de 2019 no país.
Beneficiários
Esse prazo é direcionado aos beneficiários que têm de seis a 17 anos.  As famílias devem informas às escolas sua condição de beneficiárias do Programa Bolsa Família.
Além das informações prestadas pelos gestores do programa no Sistema Presença, é necessário que as famílias atualizem seus dados no Cadastro Único nos casos em que houve mudança de escola.
“A mesma orientação é direcionada aos responsáveis pelas crianças que completaram seis anos depois de 31 de março de 2018 ou que completarão essa mesma idade até 31 de março de 2019, pois ingressarão na faixa etária de acompanhamento do programa”, informou o MEC.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482