Ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco / Foto: Wesley – Portal MA+ / Jan 2018
Foi preso na manhã desta quinta-feira (21), no Rio de Janeiro, o ex-ministro de Minas e Energia, Moreira Franco. Além dele, o ex-presidente Michel Temer, o coronel aposentado da Polícia Militar do Rio de Janeiro, João Baptista Lima Filho, que é amigo de Temer,  e mais cinco pessoas, entre eles, empresários.
A prisão é decorrente de mais uma fase da operação Lava Jato do Rio, e se consolidou após denúncias do delator José Antunes Sobrinho, dono da empresa Engevix. A companhia havia fechado contrato junto ao Governo Federal, durante a gestão do ex-ministro à frente do Ministério de Minas e Energia, para implantação da usina de Angra 3, no Rio de Janeiro.
A decisão foi do juiz Marcelo Bretas, juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Segundo o empresário, em delação à Polícia Federal, foi pago o valor de R$ 1 milhão em propina, por intermédio do operador coronel Lima Filho. Os inquéritos foram enviados à primeira instância.
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482