O Lyon recebe o todo-poderoso Barcelona nesta terça-feira, às 17h, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, enquanto que o atual vice do torneio, o Liverpool, recebe o sempre candidato ao título Bayern de Munique.
“Vamos dar tudo para que essa tão linda taça volte ao Camp Nou”, disse Messi em agosto do ano passado diante dos torcedores ‘azulgranás’, que comemoraram a conquista desse troféu pela última vez em 2015. Desde então, seu grande rival, o Real Madrid, ganhou as três edições seguintes.
Depois de uma fase de grupos sem derrotas, o Barça inicia a nova fase em um grande momento como líder do Campeonato Espanhol e com seus principais jogadores prontos para o duelo no estádio do Lyon.
Messi já está recuperado de seus problemas na coxa direita e vai voltar a comandar sua equipe, acompanhado na frente pelo uruguaio Luis Suárez e o jovem ponta francês Ousmane Dembelé. A principal novidade no Barcelona é a volta de Samuel Umtiti, que superou sua lesão no joelho, embora seja pouco provável que jogue hoje contra sua ex-equipe.
No Lyon, o atacante e capitão Nabil Fekirse, campeão do mundo com a seleção francesa, não vai poder jogar a partida de ida já que cumpre suspensão por acúmulo de cartões amarelos.
Em seis jogos disputados contra o Barcelona na Champions, a equipe francesa nunca venceu (4 derrotas e 2 empates).
Bruno Genesio, o técnico da equipe francesa, diz que o Barcelona é o favorito, mas depois de vencer por 2×1 o PSG na Ligue 1 e ter vencido por 2×1 e empatado em 2×2 com o Manchester City na fase de grupos, também vê chances para sua equipe.
“Acho que temos que ser capazes de desequilibrar a equipe, não deixá-los encontrar o ritmo ou desenvolver seu jogo”, explicou ele em uma entrevista publicada pelo jornal Marca.
Liverpool x Bayern de Munique
Com cinco títulos cada um na história, o Liverpool x Bayern de Munique tem ares de final de prestígio. Mas os dois times se enfrentam já nas oitavas, com Jurgen Klopp enfrentando seu antigo rival da Bundesliga, quando liderou um vibrante Borussia Dortmund.
“Não é nada pessoal, nunca houve coisas negativas com o Bayern, mas quando jogamos contra eles ou quando compraram os nossos jogadores, como poderia ser feliz e dizer: ‘boa ideia, vou dar carona para eles no meu carro'”, lembrou Klopp, ontem, sobre aquela época.
Desta vez, seu Liverpool, finalista da última edição (em que acabou sendo vice contra o Real Madrid), é o favorito diante de um Bayernde Munique longe de sua melhor forma este ano, embora o desfalque de Virgil van Dijk na defesa seja um problema para o time inglês. Também estão ausentes devido a lesões Joe Gomez e Dejan Lovren, o que vai fazer com que o brasileiro ‘multifuncional’ Fabinho jogue como zagueiro central.
Klopp também falou sobre a atmosfera em Anfield: “Na Alemanha muitas pessoas falam sobre isso, eles dizem que talvez nós somos o clube mais emocional do mundo do futebol. Na minha opinião a emoção é positiva, então vamos mostrar isso amanhã”.
O gigante da Baviera tem dúvidas no ataque sobre seu melhor jogador nas últimas semanas, o francês Kingsley Coman, que lesionou o tornozelo na sexta-feira depois de marcar dois gols e dar uma assistência (3×2 contra o Augsburg). (AFP)
Portal MA+ no Facebook — Instagran  — Twitter WhatsApp 98434-6482