Segundos dados estatísticos da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão em 2018, os idosos formaram quase 1/3 dos pedestres que morreram atropelados no trânsito da região metropolitana de São Luís. Ao todo, foram 32 mortes por atropelamento no trânsito, sendo 10 de idosos. O local com maior incidência foi na BR-135, principalmente na Avenida dos Portugueses.
Dentre os casos, uma idosa de 80 anos foi atropelada por um táxi quando estava quase terminando de atravessar a Avenida dos Portugueses para ir a uma unidade de pronto-atendimento no Bacanga. O caso foi em dezembro. A vítima foi identificada como Idalete Gusmão, que foi socorrida, mas morreu no hospital.
No mesmo mês, uma idosa identificada como Diomar dos Santos Morais, de 61 anos, foi atropelada por um ônibus e morreu na Avenida dos Franceses. De acordo com a polícia, Diomar caminhava com a filha na calçada quando teria se desequilibrado e caído na avenida.
Em maio, uma idosa identificada como Maria Benedita Sanches Macedo, de 71 anos, teve a perna esmagada por um ônibus dentro da Cidade Universitária da UFMA. O caso aconteceu em uma curva que fica em frente ao prédio de Odontologia. Após o acidente, Maria chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levada ao hospital Socorrão I, mas acabou falecendo.(Fonte: G1 MA)